Pai publica aviso após filha de 10 meses de idade quase morrer engasgada !

Que susto! Justin Morrice é o pai orgulhoso da pequena Annabelle, de apenas 10 meses de idade. Enquanto estou sentando na minha casa, ainda tremendo, estou publicando essa mensagem como um aviso para todos os pais de crianças pequenas“, disse o pai numa mensagem publicada no Facebook.

Recentemente, a família, que mora no Canadá, passou por um momento de terror onde eles achavam que a bebê morreria sufocada: “

O aviso, que já foi compartilhado mais de 45 000 vezes, fala sobre uma situação enfrentada por muitos pais. Na publicação, Justin pede para que os pais de crianças pequenas se informem sobre as guloseimas que estão dando para os seus filhos: “Por favor, sempre leiam as embalagens dos alimentos que vocês dão aos seus filhos“, escreveu.

No relato, o paizão fala sobre como ele resolveu dar salgadinhos de queijo, feitos para bebês, para a filha após uma refeição, um agrado após o fim do almoço. Justin se virou para lavar uma tigela e, em apenas 10 segundos, o caos foi instaurado: “Me virei e a encontrei engasgando, pedindo por ar. Ela estava tentando chorar, mas nenhum som saia dos seus lábios“, contou. Confira: 

Eu corri até ela e a virei de costas, batendo nas suas costas, como somos ensinados. Após o que pareceu uma eternidade, sem nenhuma resposta, eu a virei e seus lábios estavam azuis e ela ainda estava tentando chorar. Eu a virei novamente, batendo em suas costas e ainda nada. A virei novamente e sua boca estava ainda mais azul. Neste momento, eu achei que a minha filha morreria nos meus braços“, desabafou sobre o caso.

Ao ver que a técnica não funcionava, Justin entrou em pânico e resolveu tomar uma nova atitude: “Fiz a única coisa que eu conseguia pensar, coloquei meu dedo em sua goela e consegui remover o salgadinho de queijo. Na sequência, ouvi o som mais doce no mundo: o choro da minha garotinha“, desabafou.

A virei de costas novamente e continuei dando palmadas em suas costas e, com a força do choro, o salgadinho se deslocou e eu consegui tirá-lo da boca dela. Foi o minuto mais longo e assustador da minha vida. Eu liguei para a minha mãe apenas para conseguir me recompor e acalmar Anabelle“,

disse o paizão.

Após o susto, Justin ficou chocado e resolveu investigar a causa do problema: “Eu estava confuso pois ela tinha comido o salgadinhos alguns dias atrás, sem problemas. Após olhar pela lata, minha mãe encontrou um aviso em letras pequenas na lateral da sala: é preciso jogar o alimento fora cinco dias após violar o lacre. Eu abri um novo recipiente e não pude acreditar na diferença. O ‘queijinho’ que ela engasgou parece um isopor, como aqueles que você coloca nos ouvidos para acabar com o barulho. Eu o apertava e ele expandia novamente, sem quebrar. Os da embalagem nova quebravam com facilidade“, disse.

Sua intenção, no entanto, não é responsabilizar a empresa que produz a guloseima, mas sim alertar outros pais: “Esta não é uma publicação para denegrir a imagem da empresa que fabrica os salgadinhos. Tantos produtos colocam avisos e você pode ficar com preguiça de lê-los, e então o hábito se torna uma rotina“, escreveu.





0 comentários:

Postar um comentário